PROJETO PIONEIRO PROMOVE BOLSAS PARA ARTISTAS COM MAIS DE 65 ANOS (19-12-2017)

A Fundação GDA e a GEDIPE uniram-se numa iniciativa de cariz social para ajudar atores seniores que se encontrem em dificuldades financeiras tendo para tal criado bolsas no valor de 90 mil euros.

Este projeto surge pela necessidade verificada de inúmeros profissionais da área das artes performativas que se encontram com mais de 65 anos e com poucos rendimentos auferidos nos últimos anos, tendo-se para isso criado um conjunto de bolsas no valor de 90 mil euros para ajudar a financiar os salários dos atores, procurando promover a contratação destes profissionais para as áreas do cinema e televisão.

As Bolsas de Integração Profissional para Artistas Seniores no Setor Audiovisual serão financiadas em igual percentagem pelos dois organismos (Fundação GDA e GEDIPE), e cada uma delas irá cobrir 70% dos honorários até 3 mil euros dos atores que não usufruam de um rendimento mensal superior a 1,5 salários mínimos e que não receberam outros rendimentos do cinema ou da televisão nos 12 meses anteriores, tal como explicado pela Fundação GDA — braço social e cultural da entidade GDA, que gere os direitos de propriedade intelectual de músicos, atores e bailarinos em Portugal — e a GEDIPE — representante dos produtores cinematográficos, videográficos e televisivos portugueses.

Esta iniciativa arranca a partir do dia 2 de janeiro de 2018, no site da Fundação GDA, onde os interessados terão de se dirigir ao endereço eletrónico (http://www.fundacaogda.pt) e efetuar lá o seu registo, de modo a posteriormente poderem ficar elegíveis para serem abrangidos pelo programa.